Dicas para quem trabalha em casa ou está desempregada

Nos dias mais stressantes de trabalho quem já não desejou estar em casa de pijama com uma mantinha a ver um filme? Isso é muito bom quando acontece de vez em quando mas quando se torna quase numa rotina diária pode ser um problema, um hábito difícil de quebrar. Para quem trabalha em casa ou está desempregada a ausência de horários e rotinas pode ser complicada de gerir. Se por um lado parece que temos todo o tempo do mundo, por outro lado deixamo-nos absorver pelas mais variadas coisas e parece que ainda temos menos tempo do que quando trabalhávamos por conta de alguém.

Falo por experiência e deixo-vos alguns conselhos:

Não fiquem em casa de pijama. Tentem acordar todos os dias à mesma hora. Não acordem tarde. Não têm para onde ir hoje? Não faz mal, nesses dias arranjem um pretexto para sair, seja tomar o pequeno almoço fora, comprar uma revista, um passeio no parque, qualquer coisa que vos faça sair de manhã nos dias em que não têm nada planeado. Continuem a arranjar-se. Vistam uma roupa bonita e confortável e vão para a rua. Não vos estou a dizer para usarem os vossos saltos agulha mas no tempo em que os ténis ficam bem com tudo aproveitem para estarem confortáveis mas com estilo. E que tal um pouco de maquilhagem? Discreta, um batom ou um pouco de rímel. Isto vai-vos ajudar a manter a auto-estima, especialmente de estiverem desempregadas. Cuidem da vossa aparência sempre. Como tenho dois filhos sou obrigada, felizmente, a sair de casa todos os dias para os levar à escola. Quanto mais cedo mais o dia rende e adoro apanhar o ar da manhã.

Quando estamos em casa e temos trabalho para fazer por vezes deixamo-nos absorver por tarefas domésticas ou burocracias que temos de tratar e de repente lá se foi o tempo destinado ao trabalho. Por isso planeiem o vosso dia de véspera. Dediquem um tempo para tratar de tarefas e um tempo para o vosso trabalho ou para procura de emprego. Já cheguei a planear a minha semana toda numa agenda e depois um dos miúdos fica doente e lá se vai o plano por água abaixo. É por isso que vos digo, planeiem de véspera, é mais realista e evita frustração caso não consigam cumprir o plano.

Façam networking. Conheçam pessoas novas, participem em eventos que possam fazer o vosso trabalho crescer ou arranjar emprego se for o caso.

Invistam em formações, poderá enriquecer o vosso currículo, ser uma mais valia para um projeto/trabalho independente e também estimula a mente.

Pratiquem desporto. Não gostam? Façam uma caminhada. Não há dinheiro para o ginásio? Façam como eu, aulas de Yoga no Youtube. Eu escolho o horário.

Um mimo por semana, vocês merecem! Uma ida ao cinema durante a tarde. É tão bom quando quase ninguém está no cinema. Não têm companhia? Não faz mal, precisamos de saber estar conosco. Ou vão comer um gelado, eu adoro o Amorino. Vistem um Museu (os desempregados têm descontos ou não pagam), vão arranjar as mãos ou o cabelo. Qualquer coisa só para vocês porque merecem. Como o meu fim de semana é passado sempre com os meus filhos tento fazer coisas para mim durante a semana.

Tentem tirar o melhor partido da situação em que estão e se acharem que precisam de falar com alguém, desabafar façam-no. Há que ter coragem, foco e força para continuar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.